Enquete

O que faltam no site? Faltam.... Obrigado pelo sua cooperação!






Resultados

Quem está online

Não usuários online
Hóspedes: 356

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
The next version of Ubuntu is coming soon

Publicidade

Última atualização (Qui, 18 de Fevereiro de 2010 19:01)

História

A Catedral Metropolitana de Vitória começou a ser construída em 1920 e, com grande demora, foi concluída, na década de 1970. O projeto inicial era de Paulo Motta (o mesmo que projetou o Parque Moscoso) e foi se modificando com o passar dos anos, tendo recebido colaboração de vários artistas e arquitetos. Ela ocupou o lugar onde, até 1918, havia uma igreja conhecida como a antiga Igreja Matriz de Nossa Senhora da Vitória. Era uma igreja colonial, que foi edificada por volta de 1550, quando Vitória ainda se chamava Vila Nova, no período do primeiro donatário da capitania do Espírito Santo, Vasco Fernandes Coutinho.

Com a criação da Diocese do Espírito Santo e a nomeação do primeiro Bispo dom João Batista Correia Nery, a igreja recebeu o título de Catedral, mesmo sendo considerada pequena e antiga demais para comportar o número de fiéis, que crescia. Assim, foi demolida com o intuito de ser substituída por uma igreja maior, de acordo com o desejo de modernizar a capital do Estado.

Símbolo da cidade de Vitória, a Catedral foi tombada pelo Conselho Estadual de Cultura, em maio de 1984. Destaca-se no ambiente por sua imponência e por possuir características da arquitetura neogótica. Tem como destaque os maravilhosos vitrais de suas paredes.
Visitas guiadas

A Catedral Metropolitana de Vitória é um dos monumentos monitorados nas visitas guiadas, que são realizadas gratuitamente ao centro histórico de Vitória.

Endereço: Praça Dom Luiz Scortegagna, Cidade Alta - Centro. Horários de visitação: terça a domingo, das 9 às 17h. Tel.: (27) 3223-0590.

 

Publicidade