Enquete

O que faltam no site? Faltam.... Obrigado pelo sua cooperação!






Resultados

Quem está online

Não usuários online
Hóspedes: 447

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
The next version of Ubuntu is coming soon

Publicidade

Publicidade

Última atualização (Qua, 10 de Dezembro de 2008 18:37)

Ampliação de Avenida

Vitóriafernandoferrari_01_240.jpg

A avenida Fernando Ferrari ficará moderna e segura para os pedestres e motoristas. O projeto de ampliação busca valorizar espaços para pedestres, ciclistas e transporte coletivo. Serão construídas novas redes de água, energia elétrica e telecomunicações e será ampliada a rede de esgotos.

São cerca de 22 mil metros quadrados às margens da avenida que deverão ser aproveitados, o que possibilitará o aumento das faixas de tráfego de duas para seis pistas facilitando a circulação e os acessos.


As obras de ampliação da Avenida Fernando Ferrari ganharam um importante impulso quando o ministro da Educação, Fernando Haddad, deu parecer favorável à cessão de parte da área em frente à Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) à Prefeitura de Vitória. São cerca de 22 mil metros quadrados às margens da avenida, o que possibilitará o aumento das faixas de tráfego de duas para seis pistas. As obras devem começar no início de 2006.

A contrapartida da PMV para a universidade pela cessão da área possui os seguintes pontos: confecção do novo projeto paisagístico do Campus de Goiabeiras, a partir da planta arquitetônica da Av. Fernando Ferrari; ampliação da capacidade da rede elétrica e melhoria e manutenção das vias internas; construção dos novos acessos ao Campus; assinatura de convênios e apoios na área hospitalar. O Governo do Estado ficará responsável pela execução das obras de ampliação da avenida.

Projeto

O edital de licitação das obras prevê a realização das obras em uma extensão 2.680 metros, orçada em R$ 21 milhões. O projeto é da Prefeitura de Vitória, que investirá cerca de R$ 15 milhões na desapropriação de cerca de 80 imóveis, para viabilizar a ampliação da avenida. A PMV também realizará oRelatório de Impacto Urbano (RIU), que deve apontar soluções para os bairros ao longo da avenida, como Jardim da Penha, Goiabeiras e Bairro República, e ainda o plano de desvio de tráfego durante as obras.

A Avenida Fernando Ferrari é o principal corredor de acesso a Vitória pelo lado Norte, com cinco quilômetros de extensão. Com a ampliação, ela passará a ter três faixas de tráfego em cada sentido, sendo uma para a passagem, preferencialmente, de ônibus. Fora das faixas, haverá 10 baias, de 106metros cada, para os pontos de ônibus. Um canteiro central, com três metros de largura, dividirá a via, que terá cerca de 30 metros de largura, contando com as duas calçadas e ciclovia.

A Ponte da Passagem será demolida e dará lugar a uma estrutura metálica, de 132 metros de comprimento, projetada para possibilitar a navegação de barcos, com 8 metros de distância da lâmina d'água. Uma passarela independente, com cinco metros de largura, será o acesso para pedestres e ciclistas. A CST se comprometeu a doar o material para a construção da ponte e a previsão é de que as obras sejam iniciadas em janeiro de 2006 e concluídas em setembro.

Saiba Mais:
- Imóveis a desapropriar 80 unidades
- Faixas 6 (2 preferenciais ônibus)
- Baias de ônibus 10 de 106 m
- Ciclovia (largura) 2,50 m
- Calçada Cidadã (largura) 3,0 m
- Canteiro Central (largura) 3,0 m
- Capacidade Atual 3.675 veículos por hora
- Capacidade Futura 5.513 veículos por hora
- Volume Atual na hora pico 2.899 veículos por hora
- Passagem em Desnível 1 unidade
- Ponte Metálica- 3 faixas por sentido
- Passarela 1 metálica e 1 concreto

Publicidade